JANEIRO

Um poema para cada mês,”Janeiro”…

Jano era considerado da mitologia  Romana que  tinha duas faces, uma olhando para trás, o passado, e a outra olhando para frente, o futuro…. Leiam a seguir  o poema Janeiro, neste começo de um novo ano… 

BVL-bannerweb-janeiroMais um ano que passou

Nostalgia…

Surge um novo sol,

Sol que aquece, presenteia

O amor…

Luta, resistência,

Suor…

Enchentes inundam as casas e ruas,

Cautela, rebeldia…

Do sol a chuva

Que refresca o calor,

Melancolia…

Ataques em aviões, incêndios,

Bebida que contamina….

Mortes, guerras anunciadas,

Um povo que caminha e almeja

Sair da desgraça…

Janeiro é começo é fim

Anunciando o que está por vir.

 vive em nós o dia…

Trazer a paz como companhia,

Poder acordar com novo sol,

 Dentro da gente, com o mundo

Em harmonia…

E na magia da vida,

Em vez de irradiação química,

 Irradiar à alegria…

            Orlando Nogueira (O Poeta Carvoeiro)

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s