MÃE

Você é luz que me guia pelos campos de girassóis… A seguir leiam o poema mãe…

MÃE FILHO GIRASOL

Você é luz que me guia pelos campos,

De girassóis…

Ainda ouço sua voz aveluda,

Que me chama,

Nas manhãs em arrebóis…

Humilde, inebriante,

E bela…

Seus cabelos grisalhos brilhosos

Tampando teu rosto

Pelo sopro do vento, revelam

Involuntariamente tua beleza

Enfeite da natureza, que,

Bela pura e impar

Possui o dom do encanto

Feito o cantar dos rouxinóis

Como uma luz refletida,

Sobre este rochedo

Atóis…

Seus pés pisam na areia,

O vento afaga seus cabelos

Velas de uma era,

Que se apaga…

A brisa suave a tua pele enrugada

Afaga…

Como o sol a chamejar…

No caos de minha vida

Brilha em seus olhos o amor

Como luz de faróis…

Hoje é minha voz que ecoa

pelos campos o seu

Nome a chamar,

Mãe…Mãe…Mãe…

Orlando Nogueira (O Poeta Carvoeiro)

Betim, 08/05/2020

Orlando Nogueira (O Poe

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s