CREPÚSCULO

Na vida há sempre um no Novo Crepúsculo, uma nova chance, sou grato a Deus e aos amigos (as) por está sempre comigo. Para cada anoitecer há sempre um amanhecer…A seguir leiam o poema Crepúsculo… E ouça a versão novo amanhecer final ….

CREPÚSCULO02

No que crepúsculo no amanhecer,
Vejo o nascer do sol,

Que irradia..

No jardim pétalas de rosas molhadas
Pelos pingos do orvalho, foi o que restou
De uma noite fria…
Abro as cortinas e pela fresca da janela,
Contemplo o novo dia.
No oásis da minha existência, vejo no solo
Fértil a semente que germina e o florescer das rosas.
Os pássaros fazem seus voos e pousam
Nos pés de oliveiras….
Nas videiras a uva se transformará
No vinho que sacia…
Nos campos o trigo que se transformará
No pão que alimenta…
Mesmo que da mesa farta nos restam,
Apenas as migalhas….

sempre haverá mãos estendidas

partilhando amor,

partilhado, de pão…

E para cada,

Anoitecer…

Haverá Sempre,

Um novo amanhecer…

Orlando Nogueira ( O poeta Carvoeiro)

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s