O TEMPO

 

  Ante as lembranças queridas, surgem orvalhadas lágrimas,

Não permita que a saudade vire desespero, distribua sorrisos,

Dê abraços semeiam o bem…

              Não te prendas ao passado nem fiquem presos a lamentações, viva o presente,

O tempo é agora o amor o melhor remédio para suas feridas, portanto,

Agora é tempo de amar…

         Não dependem dos outros, para serem felizes, ama-te em primeiro lugar,

Porque só assim será capaz de amar…

                   O coração uma porta, que só abre do lado de dentro e a chave para abri-la,

        Está em tuas mãos, abra-a deixa entrar felicidade…

          Prepara-te, para o campo material e espiritual, trabalhe, viva à alegria e a paz…

        Não te exageres, tenham calma, a vacina não te dá garantia,

          Portanto, respeite a ti mesmo e aos outros, dias melhores virão, paciência e não percam a esperança, acreditem, pois haverá um novo renascimento,

Novos campos irão florir…

    Não te preocupas, o futuro ainda virá, temos que semear o bem agora

          Para que seja boa, a nossa colheita, cada um colhe o que planta…

            Portanto, procure semear coisas boas, para seja boa,

A tua colheita…

Orlando Nogueira (O Poeta Carvoeiro)

Betim, 19/01/2021

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s