CONTA DE LÁGRIMAS

Contas – de – lágrimas, no fundo

Do meu quintal…

Lágrimas – de – um – povo

Que no deserto da vida, sofria…

Mãos calejadas, que semeiam,

As sementes no pó…

Na conta -do – terço reza e chora,

lágrimas – de – Jó…

Quem planta boa semente,

Nunca está só…

Lágrimas de um povo que na terra,

Prometida sorria…

Lágrimas -de – Nossa Senhora, lágrimas – de- Maria

Lágrimas – de – Cristo que cura e liberta,

As dores alivia…

Conta – de -lágrimas tão simples, tão bela,

E tão original…

Conta – de -lágrimas, que cura os males,

É erva medicinal…

lágrimas – de – Maria tão pura, tão meiga

E tão ancestral…

Orlando Nogueira ( O Poeta Carvoeiro)

Betim, 25 de fevereiro de 2021

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s