PAULO DE TARSO I

Paulo de Tarso, discípulo de Gamaliel,

Doutor e Juiz na Sinagoga

A caminho de Damasco ficou cego, jaz em terra

-DIVISA A LUZ DIVINA – O CRISTO JESUS…

por Ananias um simples Evangelizador

– FOI BATIZADO…

De perseguidor de cristãos, tornou – se,

-PERSEGUIDO…

A Cristo sua vida entregou…

-FOI JULGADO…

Em grandes solenidades litúrgicas

No amplo terraço de sua casa,

Com os olhos fitos além do mediterrâneo

Nas neves eternas, nas noites de sábados…

Na capadócia e na Síria o evangelho Pregou

– Escrevia sem caprichar suas caligrafias…

Exausto de fadiga, mãos calejadas…

Dedos endurecidos pelo trabalho, diurno,

– Pesados instrumentos…

Não queria ser pesado a ninguém…

-Não procuro o que é vosso,

-Mas a vós mesmos..

Não quero se quer um vintém…

Pregou com coragem a palavra do Mestre

– QUERIDO…

Escreveu epístolas e cartas:

– Corintos…

– Gálatas…

-Efésios

Filipenses…

– Colossenses…

-Tessalonicenses…

Foi preso e levado a cidade de Roma,

Considerada rainha da terra,

-Condenado…

Por um centurião e seus soldados da corte imperial,

– Escoltado…

Pregou em alto mar em meio as tempestades,

-Teve solto dois anos,

– Pregou aos Romanos….

– Foi preso novamente

– E DECAPITADO…

Morte por ele sempre esperada,

Para Paulo de Tarso,

– O VIVER É CRISTO…

-O morrer era apenas,

– LUCRO…

Foi zarpar nas ondas celestiais

Face – a – face, com Cristo Jesus,

– O RESSUCITADO…

Orlando Nogueira ( O Poeta Carvoeiro)

Betim, 12 de março de 2021

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s